segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Corsets por Bárbara (Ms. Morghann Corsets)

Oi meninas, como foram de fim de semana?! Hoje temos um post mais do que especial! Vocês se lembram do post que fizemos sobre a Diferença entre corpete, corset, corselet e espartilho?! Lembram também que dissemos estar em contato com uma profissional do ramo e logo colocaríamos um post especial com ela?! Pois bem, a hora chegou! Rs...
Estamos falando da Bárbara I. Silva que se formou em Moda e fez seu TCC exclusivamente sobre os Corsets.


Colocamos aqui do lado -----------> o link para a página dela, assim vocês podem conferir mais fotos do seu trabalho ou entrar em contato direto com ela!!
Ela é nossa parceira aqui do blog também!!

Pedimos para a Bárbara fazer uma matéria exclusiva pra vocês contando um pouco sobre a história do corset, como ele é fabricado, quais os materiais, valores, quem pode e quem não pode usar, utilidade, a durabilidade, os cuidados... Enfim, confiram agora o especial dela pra vocês:

Qual a origem do corset?!
"A origem do primeiro corset é de fato incerta. Os primeiros registros de peças semelhantes datam dos séculos XV e XVI, tais peças, ancestrais do espartilho, eram semelhantes a uma armadura, confeccionadas com camadas de tecidos grossos e reforçadas com cordas e ossos, possuíam uma forma cônica e eram conhecidas como bodices ou stays. Tinham como objetivo manter a postura ereta, distinta e dar suporte ao corpo.
Ao longo dos séculos, o corset evoluiu e foi tomando formas mais confortáveis com a utilização de barbatanas de baleias. No inicio do século XIX, surgiram novos modelos de corset apresentando formas mais curvadas e harmoniosas, passaram a ser utilizadas barbatanas espiraladas de metal e um fecho especial, conhecido como busk, permitindo ao usuário abrir e fechar o corset pela frente, sem o auxílio de outra pessoa.
Apesar das mudanças nos formatos e nos materiais a confecção do corset ainda é realizada de forma artesanal".

Bárbara com um dos seus modelos

Como adquirir? 
"O aspecto mais importante a ser levado em consideração quando se decide adquirir um corset é sem dúvida o fato de que as peças são únicas e feitas sob medida e se engana quem pensa que o corset é uma peça exclusiva das mulheres magrinhas, o corset pode e deve ser utilizado tanto por mulheres como por homens, sejam magros ou gordinhos.
A aquisição de um corset compreende as seguintes etapas: em um primeiro momento é escolhido o modelo e tiradas as medidas do cliente, em seguida é escolhido o tecido, as cores e os aviamentos. Em média, um modelo Underbust (abaixo do busto) básico, custa por volta de R$350,00 e R$450 e um Overbust (sobre o busto) entre R$450 e R$550,00. A confecção se estende normalmente por um período de duas semanas".
Cuidados com o seu corset
"A durabilidade da peça está diretamente relacionada com o cuidado que você dedica a ela. Recomenda-se armazenar em lugar adequado e sem umidade. Caso a peça possua estrutura em aço inoxidável pode ser lavada a mão ou a seco, caso contrário somente a seco para evitar corrosão".
Meninas, olham que liinnnnnnnnnndo de morrer este modelo que a Bárbara fez!!! Perfeito, mais do que perfeito, lindo demais, não?!

 Não pensem que acabou, amanhã vamos publicar mais um post exclusivo da Bárbara só com fotos dos seus modelos! Não percam! E já sabem, querendo entrar em contato com ela direto, só clicar no link do lado direito do site!

Bjus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lingerie Fabiana Cavassan agradece seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe